sábado, 15 de outubro de 2011

O LEITE CHOCOLATADO E... OS QUE MAMAM!!!! Cartinhas a PPC

Caro PEDRO
Há tempo que ando a tentar escrever-te. O trabalho não abunda de facto e por isso, poderás pensar que te minto, mas não. O facto é que, nos teus gloriosos 100 dias, não me tens dado hipótese de te escrever com calma, ponderação, enaltecendo os teus gloriosos feitos em defesa da nossa querida Pátria. Desculparás que esta pequena carta, usando eu o "português" que aprendi ( e não subscrevo, nem subscrevi nenhum acordo para mudar coisa nenhuma, muito menos a nossa querida língua, talvez mesmo o que nos vai restando de património nacional ), te vá, talvez magoar.
Sabes Pedro, o José nunca me respondeu às minhas piedosas e fofas cartinhas. Eu até acho que ele ficou chateado, como pessoa sensível que é, foi certamente por alguma coisa que lhe escrevi e que ele se ressentiu. Vê bem que nem se despediu, lá foi para Paris e que Deus o tenha por lá muito tempo. Acho que está a estudar muito e tem tido boas notas lá na Sorbonne. Pudera...com aquela lábia!!! Bom, mas isso, como diria a nossa muito querida Teresa Guilherme - "isso não interessa nada".
Mas o que de facto interessa, é manifestar-te a minha solidariedade, expressa aqui neste público louvor que só te honrará. Olha que eu não escrevo a "um qualquer". Só pessoas com a tua fibra, a tua tenacidade e o teu sublime e pátrio propósito e a tua postura e classe... o resto, o resto, "não interessa nada". Sei bem que és incomparável, bem diferente daquilo que dizem e pensam de ti.
Hoje, ainda mal recomposto da "martelada" que me deste ontem, eis que me surpreendi com aquele tipo - o Jerónimo - a dizer lá em S. Bento que tu "não sabes o que é a vida..., bla...bla...bla". Olha que é preciso descaramento. E mal acabo de escutar tal aberração, eis que levo, atordoado com o outro. Sim o Francisco. Aquele rapaz, acho que é teu colega ou talvez tenha sido teu professor. Atrevido é o que ele é. Com que então, a desafiar-te sobre o aumento do IVA no leite achocolatado... parece mentira. Será que aquele atrevido não sabe que tu és um defensor acérrimo das criancinhas, bem alimentadas, no Continente, na Madeira e na Zona Franca??? Disparate foi o que foi!!! Não saberá ele que a tua preocupação, para além dos défices, da educação, da saúde e da recapitalização da banca, és um homem preocupado com os pequenos? os mais fracos, débeis, desfavorecidos?
Francamente não gostei que te tenham atacado tanto.
Já vai longa esta minha humilde missiva, porque humilde é o signatário.
Espero que fiques bem, na companhia da tua mulher e meninas. Prometo dar-te notícias em breve.
Ah, já me esquecia... lembrei-me agora de te informar que um grupo de amigos nossos, estamos a convidar para cá vir a Deputada brasileira Cidinha Campos. Se não a conheceres não tem problema. Eu apresento-te com gosto.
Só tem um problema... toma por isso cuidado. Ela, a Cidinha Campos, sempre que ouve falar de leite, mesmo achocolatado, quer logo falar "...DOS QUE MAMAM...". Por isso, a esses, diz-lhes que se escondam nesses dias, que vão...talvez para Cabo Verde, está lá o Manel que também os deve receber com gosto. Se puderem que fiquem por lá... seria óptimo!
Pedro, desculpa qualquer coisinha. Até muito breve. Não te darei razões para dizeres que nunca te escrevo.
Um abraço do teu
António Ventura