segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

FUI ONTEM VISITAR O NOSSO DOENTE !!!

Fui ontem visitar o nosso doente.
Encontrei-o muito debilitado. A doença parece não lhe dar tréguas. Acho que se espera a vinda de fora, de “grandes especialistas”. Não sei se virão. O nosso mais querido doente, não parece muito crente nas melhoras que lhe trarão. Confidenciou-me com lucidez, os males de que padece e que o levarão talvez mesmo, à manutenção da chamada “doença prolongada”. Está tão desiludido que, perante tantos tratamentos a que foi sujeito, sem que sentisse melhoras, a incredulidade apossou-se dele.
A minha longa visita permitiu-me verificar que ao nível dos membros, muito tolhidos, quase atingiu a inacção, chegando mesmo a admitir-se que a paralisia está para durar, a menos que um tratamento de choque lhe seja administrado. O coração continua a bater por esperança, numa sôfrega ânsia de melhoras, invocando sempre a boa recordação da saúde e coragem que teve durante quase toda a vida. Na longa conversa, reveladora de um muito aceitável equilíbrio mental, falou-me no seu desejo em voltar a comer as boas alfaces da sua horta, o peixe dos seus pescadores, a sardinha, o atum, o bacalhau. O seu estado de saúde, não lhe tirou a sua habitual bonomia e esperança. Não sendo aconselhável para a sua doença actual, chegou a ponto de me falar na boa vitela do Barroso e de Arouca, da boa carne de porco alentejano, e mais uns quantos vícios de boca, a que terá de se desabituar. Disse-me que quando melhorar, gostaria de viajar num dos seus barcos de cruzeiro, talvez até à Madeira, que com a segunda intempérie neste ano, muito o preocupa.
O nosso mais querido doente, está lúcido. Mas sem motivação. Retiraram-lhe as notícias sérias e injectam-lhe diariamente várias doses de informação que sabe bem serem vis mentiras. Sente grande revolta, dispõe-se a reagir…mas não sabe como. A inércia também está no seu diagnóstico. Fiquei sem saber se por cobardia ou pela sua prostração já tão manifesta.
No pessoal que o assiste, (ou devia assistir) não acredita. Tais foram os maus tratos a que o submeteram desde há tempos, ainda mal tinha recuperado da longa crise anterior. O nosso “doente”, não vê sinais de melhoras para breve.
Estava quase terminada a minha longa visita, e eis que fomos ambos surpreendidos por uma voz, que ainda no corredor, de forma decidida e autoritária anunciou – ““O doente PORTUGAL, da cama 2010, levante-se !!! Vai mudar para a cama 2011 dos “Cuidados Intensivos”. Vai a pé, não temos macas, nem maqueiros, não custa nada !!!””
Saí sorrateiro e pensativo, lamentando o estado crítico em que encontrei o nosso Amigo.
Só um milagre…talvez!!!

António Ventura



5 Outubro 2010

quinta-feira, 17 de junho de 2010

CASADO COM QUEM?? DIVORCIADO DE QUEM?? VIÚVO DE QUEM??

Contou-me hoje um Amigo de muitos anos e que muito estimo, aliás como deve ser, o seguinte. Como é do lusitano conhecimento, a Assembleia da República, decretou nos termos da alínea (c) do artigo nº.161º da Constituição da República, as alterações ao chamado "regime de casamento". Assim, na "brilhante tirada legislativa" agora conhecida como Lei nº.9/2010 de 31 de Maio, é revogada a alínea (e) do artº1628º do Código Civil, que classificava como "Inexistência do Casamento - O casamento contraído por duas pessoas do mesmo sexo".
Mas, as referidas alterações, vêm dar nova redacção aos artºs. 1577º; 1591º e 1690º do mesmo e muito saudoso Código Civil Português.
Nada, mesmo nada temos a dizer quanto a isso!
A competência política e legislativa da Assembleia está assim, bem revelada e como habitualmente, bem exercida. Afinal são 230 os nossos representantes lá trabalhando no dia a dia.
Nada, mesmo nada temos a dizer quanto a isso!
Apenas não sabemos se,  o teste aos alunos da cadeira de Direito Constitucional, elencadas no enunciado do muito ilustre Prof.Dr Paulo Otero, na Faculdade de Direito de Lisboa, em que se viram confrontados com um caso prático para resolver, argumentando pela constitucionalidade e inconstitucionalidade do “casamento poligâmico entre seres humanos”, do casamento entre “um ser humano com um animal vertebrado doméstico” e um casamento entre “dois animais vertebrados domésticos da mesma espécie”, tem a razão polémica que tanta gente incomodou!? Afinal, tratava-se apenas de uma "mera hipótese", "um caso", a desenvolver pelos alunos, para apurar das suas talvez ingénuas capacidades constitucionais!!?? Para quê então, tanto barulho?
Mas nada, mesmo nada temos a dizer quanto a isso!
Quase mais nada!
Mais nada, não fora a questão colocada pelo meu tal amigo, cuja preocupação retrata a sua inteligência, dotada muito mais para legislar, talvez, em melhor matéria de tão fracturante questão.
Ora, à pergunta tradicional,  perante o Colectivo do Tribunal de Alguidares... "como se chama??", não haverá dúvida na resposta de qualquer cidadão - "João Sem Terra, Senhor Doutor Juiz" ; "onde mora ??" - "Rua de Belzebu, 14 neste Inferno Lusitano. Senhor Doutor Juiz"; "já esteve preso?" - "Já sim, Senhor Doutor Juiz e estou com Termo de Identidade e Residência, como todos os meus vizinhos lá da rua"; "Qual é o seu estado civil?"... e agora?
Esta é a questão que se nos coloca e que é necessário esclarecer por quem sabe fazer leis, regulamentos, decretos e Tratados.
Aos meus estimados leitores, deixar-vos-ei algumas respostas possíveis:

"Sou casado com uma mulher, a minha Maria, Senhor Doutor Juiz", ou
"Sou divorciado de uma mulher, a Maria, Senhor Doutor Juiz" ou ainda,
"Sou viúvo Senhor Doutor Juiz, da minha querida mulher, a Maria, que Deus a guarde ".

Mas á última pergunta... jurem sempre dizer a verdade!

Ao vosso superior e lusitano apreço!!!

quinta-feira, 10 de junho de 2010

FINALMENTE UMA VOZ !!! ANTÓNIO BARRETO e os ex-Combatentes da Guerra do Ultramar - DISCURSO DO 10 DE JUNHO DE 2010 EM FARO

Se ao menos a Nação nos prestasse apoio, nos manifestasse compreensão e nos acompanhasse com a solidariedade que se exige, nos nossos últimos anos de vida !!!! Mas não !!! Somos uns "engeitados" que para aqui andamos, a ver se morremos todos para se acabar a tão exigida justiça pátria, livrando a classe política dirigente de um compromisso que continuadamente se recusa a enfrentar.
Salvé Antonio Barreto pelas sãs, certeiras, claras e objectivas palavras que mais uma vez, corajosamente proferiu no 10 de Junho de 2010 em Faro, em defesa da solidariedade exigível que a Pátria deve, a todos aqueles que mais não fizeram que obedecer como deviam a um poder político que, pouco importa, estaria ou não certo.
Também os militares de hoje se limitam a cumprir ordens. Aqui os saudamos com amizade, mas de igual modo, só a história dirá, se os palcos de guerra onde são introduzidos pelo poder político e a justeza do propósito, está ou não certa??!! O que vale, é o nosso cumprimento da obrigação militar, que nos foi ditada pelos mais altos órgãos do Estado e do poder político vigente à época. Não compete, como nunca competiu, aos militares, discutirem ou porem em causa as ordens da Nação. Foi isso que se fez, durante 14 longos e penosos anos de guerra colonial. Não temos que discutir a justeza da guerra, ou melhor, a injusteza da guerra em cuja, falsa virtude nos "obrigaram" a acreditar. Os militares de hoje, bem sabem que, as ordens não se discutem. Mas... recordemos à Nação que não deve, sob nenhum pretexto, "enxotar-nos" ou esperar ansiosamente pelo nosso fim. A dívida, ainda hoje e felizmente tem credores. Somos ainda, mais de 300.000 cidadãos de honra e glória que amamos Portugal, o nosso glorioso hino e a nossa querida bandeira . Mas quando a Pátria, põe em causa a justiça, a solidariedade, a correcta governação, a honra nacional e o crédito de um Povo, acontecem normalmente e de forma mais ou menos cíclica, alguns "embaraços" ao poder político, a que vulgarmente se chamam - Movimentos, Reviralhos ou outros. - A Nação deve ter algum cuidado! Desculpe-nos a Pátria por não termos sido "desertores" !!! Hoje e sempre VIVA PORTUGAL !!!

sexta-feira, 28 de maio de 2010

PROCURAM-SE

Cidadãos disponíveis para construir um País novinho em folha. Os Organizadores já estão em contacto com vários Países com vista à aquisição de 1.000 Kilómetros quadrados de território livre, que possua algumas ainda que pequenas potencialidades e recursos, tais como água, terras aráveis, etc. Pretende-se iniciar tudo de novo. O Grupo a constituir, passará a ter o nome de "Povo", os seus membros, chamar-se-ão de "Cidadãos". Haverá eleições livres, com vista a encontrar de entre eles, os "encarregados", seus verdadeiros "representantes" para dirigirem a Nova Nação. Adoptar-se-á o Hino Nacional de Alfredo Keil. A Bandeira Nacional será a das Quinas e na presença de um ou outra, os novos Cidadãos, perfilar-se-ão com respeito e dignidade.

Considerando que o novo País, se inicia, será necessário um grande esforço e solidariedade verdadeira entre todos. O valor de aquisição da porção de território, será pago através do esforço de todos, em que os que mais podem, mais pagam e os que menos podem, menos se lhes poderá exigir.
Os promotores deste projecto, não pretendem ser denominados de "Fundadores", mas apenas impulsionadores do que julgam ser necessário. Oportunamente, aqui será deixado o contacto.

quarta-feira, 26 de maio de 2010

COMO DIZ SÓCRATES, É DIFÍCIL CORTAR NAS DESPESAS PÚBLICAS…

E A VERGONHA??? JÁ NÃO MORA CÁ???

                  ALGUNS EXEMPLOS DE DÚVIDAS QUE O TRIBUNAL DE CONTAS ENCONTROU NAS DESPESAS PÚBLICAS…


1. ADMINISTRAÇÃO REGIONAL DE SAÚDE DO ALENTEJO, I. P.
- Aquisição de 1 armário persiana; 2 mesas de computador; 3 cadeiras c/rodízios, braços e costas altas: 97.560,00€
Eu não sei a quanto está o metro cúbico de material de escritório mas ou estes armários/mesas/cadeiras são de ouro sólido ou então não estou a ver onde é que 6 peças de mobiliário de escritório custam quase 100 000€.
2. MATOSINHOS HABIT – MH
– Reparação de porta de entrada do edifício: 142.320,00 €
Alguém sabe de que é feita esta porta que custa mais do que uma casa?
3. UNIVERSIDADE DO ALGARVE – ESC. SUP. TECNOLOGIA – PROJECTO TEMPUS
– Viagem aérea Faro/Zagreb e regresso a Faro, para 1 pessoa no período de 3 a 6 de Dezembro de 2008: 33.745,00 €
Segundo o site da TAP a viagem mais cara que se encontra entre Faro-Zagreb-Faro em classe executiva é de cerca de 1700€. Dá uma pequena diferença de 32 000 €. Como é que é possível???
4. MUNICÍPIO DE LAGOA
– 6 Kit de mala Piaggio Fly para as motorizadas do sector de águas: 106.596,00 €
Pelo vistos fazer um “Pimp My Ride” nas motorizadas do Município de Lagoa fica carote!!!
5. MUNICÍPIO DE ÍLHAVO
– Fornecimento de 3 Computadores, 1 impressora de talões, 9 fones, 2 leitores ópticos: 380.666,00 €
Estes computadores devem ser mesmo especiais para terem custado cerca de 100 000€ cada….Já para não falar nos restantes acessórios.
6. MUNICÍPIO DE LAGOA
– Aquisição de fardamento para a fiscalização municipal: 391.970,00€
Eu não sei o que a Polícia Municipal de Lagoa veste, mas pelos vistos deve ser Haute-Couture.
7. CÂMARA MUNICIPAL DE LOURES
– Vinho tinto e Vinho Branco: 652.300,00 €
Alguém me explica porque é que a Câmara Municipal de Loures precisa de mais de meio milhão de Euros em Vinho Tinto e Branco????
8. MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA
– Aquisição de viatura ligeiro de mercadorias: 1.236.000,00 €
Neste contrato ficamos a saber que uma viatura ligeira de mercadorias da Renault custa cerca de 1 milhão de Euros. Impressionante…
9. CÂMARA MUNICIPAL DE SINES
– Aluguer de tenda para inauguração do Museu do Castelo de Sines: 1.236.500,00 €
É interessante perceber que uma tenda custa mais ou menos o mesmo que um ligeiro de mercadorias da Renault e muito mais que uma boa casa... E eu que estava a ser tão injusto com o município de Vale de Cambra…
10. MUNICIPIO DE VALE DE CAMBRA
– Aquisição de viatura de 16 lugares para transporte de crianças: 2.922.000,00 €
E mais uma pérola do Município de Vale de Cambra: uma viatura de 16 lugares para transportar crianças custa cerca de 3 milhões de Euros. Upsss, outra vez o município de Vale de Cambra…
11. MUNICÍPIO DE BEJA
– Fornecimento de 1 fotocopiadora, “Multifuncional do tipo IRC3080I”, para a Divisão de Obras Municipais: 6.572.983,00 €
Este contrato público é um dos mais vergonhosos que se encontra neste site. Uma fotocopiadora que custa normalmente 7,698.42€ foi comprada por mais de 6,5 milhões de Euros. E ninguém vai preso por porcarias como esta?

COMO É POSSÍVEL NÃO ESTARMOS EM CRISE?


(Recebido via e-mail, gentilmente de um Amigo, que me pede para não o identificar...diz que tem medo...!!!)

terça-feira, 25 de maio de 2010

«Esta é a ditosa pátria minha amada,...»

«Esta é a ditosa pátria minha amada,

À qual se o Céu me dá que eu sem perigo
Torne, com esta empresa já acabada,
Acabe-se esta luz ali comigo...»

Como Lula pôs o Brasil em destaque no mapa da política


Não pude evitar publicar o artigo que segue, recebido por mail, gentilmente enviado por um Amigo. Com o título "Como Lula pôs o Brasil em destaque no mapa da política", publicado na imprensa brasileira, o autor, Pedro Lima é Professor de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro.Talvez um dia me disponha também eu, a contar o que sei, e que de bom e mau, muitas vezes péssimo, têm feito á minha querida Pátria e a este Povo que adoro profundamente.


"Como Lula pôs o Brasil em destaque no mapa da política ... O Presidente, que no início era criticado e gozado, e que agora, pela obra feita, é respeitado em todo o mundo. Lula, que não entende de sociologia, levou 32 milhões de miseráveis e pobres à condição de consumidores; e que também não entende de economia; pagou as contas de FHC, zerou a dívida com o FMI e ainda empresta algum aos ricos.
Lula, o analfabeto, que não entende de educação, criou mais escolas e universidades que seus antecessores juntos [14 universidades públicas e entendeu mais de 40 campi], e ainda criou o PRÓ-UNI, que leva o filho do pobre à universidade [meio milhão de bolsa para pobres em escolas particulares].
Lula, que não entende de finanças nem de contas públicas, elevou o salário mínimo de 64 para mais de 291 dólares [valores de janeiro de 2010], e não quebrou a previdência como queria FHC.
Lula, que não entende de psicologia, levantou o moral da nação e disse que o Brasil está melhor que o mundo. Embora o PIG-Partido da Imprensa Golpista, que entende de tudo, diga que não.
Lula, que não entende de engenharia, nem de mecânica, nem de nada, reabilitou o Proálcool, acreditou no biodiesel e levou o país à liderança mundial de combustíveis renováveis [maior programa de energia alternativa ao petróleo do planeta].
Lula, que não entende de política, mudou os paradigmas mundiais e colocou o Brasil na liderança dos países emergentes, passou a ser respeitado e enterrou o G-8 [criou o G-20].
Lula, que não entende de política externa nem de conciliação, pois foi sindicalista brucutu; mandou às favas a ALCA, olhou para os parceiros do sul, especialmente para os vizinhos da América Latina, onde exerce liderança absoluta sem ser imperialista. Tem fácil trânsito junto a Chaves, Fidel, Obama, Evo etc. Bobo que é, cedeu a tudo e a todos.
Lula, que não entende de mulher nem de negro, colocou o primeiro negro no Supremo (desmoralizado por brancos) uma mulher no cargo de "primeira ministra", e que pode inclusive, fazê-la sua sucessora.
Lula, que não entende de etiqueta, sentou ao lado da rainha (a convite dela) e afrontou nossa fidalguia branca de olhos azuis.
Lula, que não entende de desenvolvimento, nunca ouviu falar de Keynes, criou o PAC; antes mesmo que o mundo inteiro dissesse que é hora de o Estado investir; e hoje o PAC é um amortecedor da crise.
Lula, que não entende de crise, mandou baixar o IPI e levou a indústria automobilística a bater recorde no trimestre [como também na linha branca de eletrodomésticos].
Lula, que não entende de português nem de outra língua, tem fluência entre os líderes mundiais; é respeitado e citado entre as pessoas mais poderosas e influentes no mundo atual [o melhor do mundo para o Le Monde, Times, News Week, Financial Times e outros...].
Lula, que não entende de respeito a seus pares, pois é um brucutu, já tinha empatia e relação direta com George Bush - notada até pela imprensa americana - e agora tem a mesma empatia com Barack Obama.
Lula, que não entende nada de sindicato, pois era apenas um agitador;.. é amigo do tal John Sweeny [presidente da AFL-CIO - American Federation Labor-Central Industrial Congres - a central de trabalhadores dos Estados Unidos, que lá sim, é única...]e entra na Casa Branca com credencial de negociador e fala direto com o Tio Sam lá, nos "States".
Lula, que não entende de geografia, pois não sabe interpretar um mapa; é ator da [maior] mudança geopolítica das Américas [na história].
Lula, que não entende nada de diplomacia internacional, pois nunca estará preparado, age com sabedoria em todas as frentes e se torna interlocutor universal.
Lula, que não entende nada de história, pois é apenas um locutor de bravatas; faz história e será lembrado por um grande legado, dentro e fora do Brasil.
Lula, que não entende nada de conflitos armados nem de guerra, pois é um pacifista ingênuo, já é cotado pelos palestinos para dialogar com Israel.


Lula, que não entende nada de nada;.. é bem melhor que todos os outros...!"


Pedro Lima *


* Economista e professor de economia da UFRJ

“Quando os Lobos Uivam”

“ – A nação é de todos. A nação tem de ser igual para todos. Se não é igual para todos, é porque os dirigentes, que se chamam Estado, se tornaram quadrilha. Se não presta ouvido ao que eu penso e não me deixa pensar como quero, se não deixa liberdade aos meus actos, desde que não prejudiquem o vizinho, tornou-se cárcere. Não, os serranos, mil, cinco mil, dez mil, têm tanto direito a ser respeitados como os restantes senhores da comunidade”.

Aquilino Ribeiro, na sua obra “Quando os Lobos Uivam”.
Nesse romance, retrato de resistência e lutas das gentes serranas, insurgia-se contra a exploração e a injustiça a personagem Manuel Louvadeus